MTV: A História

MTV: A História

 

A MTV foi um canal de televisão marcante. Seu estilo inovador para a época garantiu uma legião de fãs que acompanharam sua trajetória por longos anos. Hoje, vamos conhecer um pouco mais sobre sua história. Confira.

MTV: A Historia

Criação 

Em 1º de agosto de 1981 a MTV nascia. Sua proposta inicial era a transmissão de videoclipes musicais. Aliás, a música era o foco principal de sua programação. Robert W. Pittman foi o responsável pela ideia de fazer uma programação focada em videoclipes.

 

Nesse primeiro momento, a MTV era marcada pelos videoclipes, os vjs e as vinhetas. Os vjs eram os apresentadores dos programas de clipes. O perfil dos vjs eram sempre pessoas jovens, com as quais os telespectadores pudessem se identificar.

I want my MTV

Os artistas da época foram muito favoráveis a esse novo canal, pois podiam ampliar a divulgação de seus trabalhos. Muitos desses artistas participaram da campanha “I want my MTV” (Eu quero minha MTV). Essa campanha tinha como objetivo incentivar o público a pedir a MTV nos planos de tv por assinatura. A campanha conseguiu alcançar sua meta e a MTV tornou-se mais popular.

MTV: A História

Mas, nem só de videoclipe é possível manter um canal. Desse forma, os executivos do canal começaram a buscar formas de engajar o público. Então, surgiram os primeiros programas a fazer parte da programação. Dentre esses, o Unplugged, semelhante ao programa Acústicos MTV foi apresentado ao público americano em 1989.

A MTV Brasileira

Até agora nos contamos a história da MTV americana, mas, se nós conhecemos muito bem esse canal, isso se deve a chegada dela nas opções de canais daqui. A editora Abril entrou em acordo com os donos da MTV americana e desse forma o canal passou a ter sua versão brasileira. Em 20 de outubro de 1990 o canal fazia sua primeira transmissão.

 

O sucesso foi instantâneo. Se antes o público dependia do Fantástico para assistir um clipezinho, agora eles tinham uma programação inteira recheada com os clipes de seus artistas favoritos. Os artistas americanos faziam sucesso aqui, mas a MTV contribuiu muito para a expansão desse sucesso. Agora era possível ver os clipes do Guns N’ Roses, Nirvana, Michael Jackson, entre tantos outros.

O primeiro videoclipe brasileiro a passar na MTV foi uma versão da Garota de Ipanema cantadas por Marina Lima. Apesar do foco principal sempre ter sido os artistas americanos, os artistas brasileiros também tiveram seu espaço de divulgação. Bandas como Os Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, Planet Hemp, entre outros começaram a divulgar seus clipes no canal.

Vinhetas

 

As vinhetas das MTV também foram um marco da transmissora. De um jeito irreverente elas chamavam a atenção do espectador. Uma das mais marcantes foi a vinheta que mandavam o público desligar a televisão e ir ler um livro.  

Animações

Além das vinhetas, a programação começou a investir também em animações. Uma das mais conhecidas foi a Beavis and Butt-Head. Até jogo essa animação rendeu. A emissora também foi a primeira a passar South Park, o que também agradou muito o público.

 

A MTV brasileira também produziu suas próprias animações como Megaliga MTV de VJs Paladinos e o icônico Fudêncio.

Os Programas

Fora os videoclipes, os programas do canal também foram muito marcantes. Em 1990, estreou o MTV no Ar apresentado por Zeca Camargo. Aliás, muitos artistas começaram suas carreiras na emissora. Foi nesse mesmo ano que estreou um dos programas de maior sucesso do canal: o Disk MTV. O público podia ligar e votar em quais clipes eles queriam assistir. Além desses programas,  também fez parte da programação o Yo MTV focado no estilo rap.

MTV: A História

Um projeto que também deu muito certo foi o Acústico MTV. Você deve se lembrar de Acústicos que ficaram memoráveis como o do Legião Urbana, Capital Inicial, Cássia Eller, Charlie Brown Jr., e outros.

 

Em 1995, eles deram início a um novo tipo de programa. Os programas ao vivo. O primeiro programa desse tipo foi o Teleguiado apresentado por Cazé Castanha. O programa funcionava assim: Cazé ligava para as pessoas perguntando qual clipe elas queriam ver.

VMA

Nesse mesmo ano foi criado o VMA (Vídeo Music Awards) para premiar os melhores videoclipes do ano. O VMA foi uma premiação muito prestigiada e só encerrou-se em 2012. A premiação foi palco de algumas polêmicas que vale a pena relembrar. Por exemplo, no evento de 2004, durante uma apresentação de Caetano Veloso, um problema no som fez o artista soltar uma das frases mais marcantes “MTV vamos botar essa p@#$% para funcionar.

 

Rock Gol também foi outro programa que alcançou bons índices de audiência, afinal, mistura música e futebol não tinha como não dar certo. Se os melhores clipes recebiam seu espaço, a MTV buscou se mostrar democrática. Então, deu espaço também para os piores clipes do mundo apresentado por Marcos Mion. O objetivo era um só zuar os clipes, criticando cada detalhe. Esse foi um programa de grande sucesso.

MTV: A História

 

Polêmicas nos programas

Em 2000, João Gordo começou a apresentar o Gordo a Go-go, um programa de entrevistas. Esse programa alcançou grande destaque principalmente pelas polêmicas que criou. Uma das maiores polêmicas aconteceu com o entrevistado Dado Dolabella que levou até marreta para enfrentar João Gordo. Obviamente não tinha como os ânimos ficarem calmos diante de uma provocação dessa.

O declínio

Estamos aqui falando dos vários sucessos desse canal, mas, alguma coisa deu errado para que o canal perdesse o sucesso que possuía. Quem assistia MTV sabe que raramente aparecia alguma propaganda entre os programas. Um canal para se manter precisa de anunciantes e isso sempre foi um problema para o canal.

 

A partir dos anos 2000, os clipes perderam espaço e começaram a surgir diversos tipos de programas para que os anunciantes vissem que aquele canal também podia ser uma ótima oportunidade para suas propagandas.

MTV: A História

 

Mas, também nos anos 2020 começou a se tornar mais popular uma certa rede de computador conectados, isso mesmo, a internet. Afinal, agora os jovens podiam assistir os clipes que quisessem, falar sobre os assuntos que queriam, sem necessitar de uma canal que fizesse isso por eles.

O fim 

Os problemas foram se acumulando até que o grupo Abril resolveu devolver os direitos de transmissão para a Viacom responsável pela MTV americana. Em, 30 de setembro de 2013, a MTV brasileira chegou ao fim. Depois desse fim, a Viacom relançou a MTV nos moldes atuais voltada para o público da TV a cabo. 

 

E, aí, você acompanhava a programação da MTV. O que deixou saudades em você?

 

 

Siga nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

     

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *