Mazzaropi: a história

Mazzaropi: a história

Hoje você vai conhecer um pouco mais sobre o caipira mais amado do Brasil, o Mazzaropi.
Amácio Mazzaropi nasceu em 9 de abril de 1912 na cidade de São Paulo, mas, cresceu na cidade de Taubaté SP.

Desde de pequeno Amácio Mazzaropi era fascinado pelo circo e queria fazer parte daquela magia. Mas, seus pais não concordavam muito com o sonho da criança em fazer parte do circo.

 Mazzaropi: a história

  • Inicio

  • Mazzaropi

Seus pais tomam a decisão de mandar o filho para Curitiba (PR) para morar com seu tio. Porém, com o tempo Amácio Mazzaropi consegue uma identidade falsa e retorna para São Paulo novamente.Chegando em São Paulo, Amácio Mazzaropi finalmente realiza seu sonho e consegue fazer parte da trupe de um circo. Esse circo em questão era o circo La Paz.

Entre uma apresentação e outra sobrava um espaço vago que deveria ser preenchido. E aí que entrava Mazzaropi contando algumas histórias e piadas. A plateia gostava muito, mas o salário pago pelo circo era muito pouco e mal dava para se manter.

 Mazzaropi: a história
Como o salário pago pelo circo não dava para o jovem Mazzaropi se manter. Ele toma a difícil decisão de voltar para a casa dos pais em Taubaté e começar a trabalhar como tecelão.

Mas, com o tempo passando ele consegue realizar sua primeira apresentação teatral na cidade de Taubaté. Essa peça era a Herança do Padre João e isso animou muito o jovem Mazzaropi.Pouco tempo depois dessa peça Mazzaropi cria seu próprio grupo artístico: a trupe Mazzaropi. E de quebra ainda convenceu seus pais a lhe ajudar.

Em 1940, Mazzaropi cria seu primeiro circo teatro. Mas, as coisas não iam tão bem financeiramente. E em 8 de novembro de 1944 vem uma rasteira da vida, e seu pai Bernardo Mazzaropi morre.O tempo passou e Mazzaropi seguiu sua carreira no circo e no teatro fazendo até um certo sucesso.

  • Rádio

E em 1946 Mazzaropi recebe um convite para fazer um programa no rádio. E ainda em 1946 Mazzaropi estreia seu programa na rádio Tupi Rancho Alegre. Inicialmente o programa era apresentado unicamente por Mazzaropi.

Ainda na primeira semana do programa, a audiência alcançou números muito bons. E caiu no gosto dos ouvintes que enviavam cartas diariamente para Mazzaropi.

  • TV

Com esse sucesso todo, Mazzaropi recebe outro convite, mas dessa vez não era para apresentar outro programa de rádio. Esse convite vinha de Assis Chateaubriand e era para fazer um programa na televisão.

 

 Mazzaropi: a história

Em 18 de setembro de 1950 estreava na TV Difusora o programa Rancho Alegre que tinha o mesmo nome do programa do rádio. Mas, agora na TV, o programa era exibido sempre as quartas-feiras às 21:00. O programa durou cerca de 4 anos, e isso alavancou mais ainda a carreira de Mazzaropi.

  • Cinema

Com o destaque na TV, Mazzaropi faz sua primeira aparição nas telonas em 1952. Em filme produzido pela produtora de cinema Vera Cruz.

Depois desse filme, Mazzaropi assina contrato com a produtora Vera Cruz e nesse ponto começa a nascer o Mazzaropi que conhecemos hoje.
Mazzaropi então realiza três filmes com a produtora Vera Cruz. Esses filmes eram Sai da Frente, Nadando em Dinheiro e Candinho. Os filmes foram um sucesso absoluto e Mazzaropi já era considerado o melhor comediante do Brasil naquela época.
Com o sucesso Mazzaropi decide criar sua própria produtora. Em 1958 Mazzaropi cria a Produções Amácio Mazzaropi ou simplesmente PAM filmes. E logo em seguida ele dá vida também ao primeiro filme produzido pela sua própria produtora de filmes que recebe o nome de Chofer de Praça.

Quase sempre atuando como caipira em seus filmes, Mazzaropi não despertou o carisma dos críticos que sempre o criticavam. Por outro lado os cinemas sempre tinham filas para poder ver o caipira mais amado do Brasil.
Mazzaropi continuou a criar filmes e lotar salas de cinemas Brasil afora. E em um certo momento da sua vida ele acumulava profissões como ator, produtor, comediante, cantor, compositor e várias outras.

 Mazzaropi: a história

  • O fim de Mazzaropi

Mas, em 13 de junho de 1981 vem a triste notícia. O Brasil perdia seu caipira mais querido, Mazzaropi acaba falecendo aos 69 anos vítima de câncer depois de passar 26 dias internado. Nesse período ele estava gravando o 33° filme que nunca foi terminado. Esse filme era o Maria Tomba Homem.
Amácio Mazzaropi realmente foi um destaque em várias áreas no Brasil. E, se tornou um dos únicos cineastas a realmente chegar ao estrelato. E provou que se você tem um sonho lute por ele que mesmo com todas as dificuldades é possível realizá-lo.

Siga o Spuckpop nas redes sociais.

 

 

 

Conheça nossas redes sociais

     

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *