Hanna-Barbera: uma história de sucesso

É pouco provável que exista algum brasileiro que não tenha visto algum desenho dos estúdios Hanna Barbera. As animações do estúdio marcaram várias gerações e até nos dias atuais são muito queridos pelos fãs.

O estúdio nasceu depois de uma demissão em massa da empresa onde a dupla trabalhava. Assim, juntaram uma quantia aproximada de quatro mil dólares e criaram seu estúdio de animação. Além deles, o estúdio também tinha em sua equipe vários funcionários da antiga empresa onde trabalhavam que também haviam sido demitidos.

Hanna-Barbera

A empresa  que realizou essas demissões era a MGM. Eles trabalhavam com animações e chegaram a conclusão que bastava apenas reprisar as animações já feitas e não criar mais animações novas. Demitiram diversos funcionários, incluindo William Hanna e Joseph Barbera.

Em 7 de julho de 1957 nascia um estúdio de animação que entraria para a história, criado pelos animadores William Hanna e seu amigo Joseph Barbera. Esse estúdio foi chamado de H-B Production Co. que mais tarde se chamaria Hanna Barbera Production.

Hanna-Barbera

Com seu primeiro estúdio oficialmente criado surgia outro empecilho. A tv aberta não achava vantajoso investir tanto dinheiro em animações. Já que a tv da época preferia atrações baratas e que fossem rápidas para se produzir. As animações da época não eram nem fáceis e nem baratas de se produzirem.

Com esse empecilhos os empresários decidiram tentar uma outra forma de animação. Eles usariam menos quadros por segundo facilitando muito na hora de produzir as animações e deixando elas bem mais baratas.

Esse tipo de animação usa bastante o movimento da face e o corpo fica mais estático. Caso, você não tenha reparado, depois assista, por exemplo, a animação Os Flintstones que você perceberá que o corpo dos personagens são mais estáticos.

Vários desenhos do estúdio Hanna-Barbera marcaram gerações como Os Flintstones, Corrida Maluca, Os Jetsons, mas outros são muito assistidos até os dias atuais como Scoob Doo, Zé Colmeia e o mais clássico Tom e Jerry.

Com o passar do tempo o estúdio foi se valorizando. Se ele foi fundado apenas com quatro mil dólares. Em 1967 foi vendido por $12,5 milhões para Taft Broadcasting.

Os Flintstones

Um momento bem interessante na história do estúdio de animação ocorreu em 1960. A criação de uma animação que contava a história de uma família que vivia na idade da pedra. Essa animação era Os Flintstones que seria um marco e uma quebra de tabu na época.

Hanna-Barbera

Os Flintstones mostrava que os casais dormiam na mesma cama e isso até então nunca tinha sido mostrado em uma animação. Além disso, também trouxe muitas outras novidades que não agradaram os críticos na época. E a revista New York Time disse que a animação era um desastre desenhado. Mas, independentemente das críticas a população da época gostou muito de  Os Flintstones. Isso fez dessa animação uma das mais amadas dos estúdios Hanna Barbera.

 

Siga nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

     

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *